Loading...

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Até um Cego pode Ver o Governo do PT - Cesta Básica Cara e Um Salário de Miséria



Como pode ter tanta gente, que não consegue enxergar um palmo a frente do nariz. Veja por exemplo, um fato, de descaso deste governo do PT aos brasileiros - esses mesmos que ainda os quer no governo - mentem que está do lado dos pobres, tira o IPI dos carros, ajuda as montadoras extrangeiras, os grandes industriais, e aumenta o preço da cesta básica, onde consumidor, assalariado, tem que pagar um absurdo de imposto, pra comer arroz com feijão. Você que tem ido ao supermercado, olha os preços da sua alimentação básica, e veja, o PT e a "Dilmentira" vão continuar a tirar comida da boca dos seus filhos, para dar a malandragem de seus comparsas. Chega de mentiras e enganos deste governo, que governa pelo prazer do narcisismo petista.


Nós não temos uma política agrícola voltada em beneficio do povo. Temos uma indústria agrícola, sem fiscalização, que não respeita o meio ambiente, que destrói o cerrado e as matas ciliares. A política agrícola tem que ter critérios. Por exemplo: O governo tem a obrigação de manter o abastecimento de alimentos interno, temos que ter uma reserva, para manter o preço baixo dos alimentos da sexta básica. Como não há uma "Política de Alimentação", o  governo incentiva a cultura da cana e da soja. Com os acidentes naturais meteorológicos, mudanças climáticas e a indústria do metanol; numa busca desenfreada pela competição de mercado de combustível, o país está produzindo menos, e comida chegando a mesa dos brasileiros, aos olhos da cara.

Nunca a comida chegou tão cara a mesa dos brasileiros. E isso tudo só vai mudar, quando o brasileiro abrir os olhos, e ver a realidade do nosso país. Entender as maracutaias dos políticos, seus meios maquiavélicos de ludibriar os eleitores, fazendo promessas mirabolantes que não vão cumprir, e o povo não consegue enxergar, que está sendo enganado. Vai indo, como um boi ao matadouro, pensando que vai tudo bem. 

Cassiano

Nenhum comentário: